Música da Semana: “All I Want”, The Offspring

Presente no álbum Ixnay on the Hombre, de 1997, “All I Want” é uma música energética e direta ao ponto. Contando com o vocal feroz de Dexter Holland e um instrumental sem firulas, é uma excelente opção para dar um gás na hora do exercício físico e uma prova do motivo do The Offspring ser a melhor banda de hardcore do mundo.

Anúncios

Dica de Álbum: “Countdown to Extinction”, Megadeth

countdown-to-extinction

Quinto álbum de estúdio da banda norte-americana, Countdown to Extinction foi lançado em 1992. Na minha opinião, é o melhor trabalho do Megadeth, contendo grandes faixas como “Symphony of Destruction“, “Sweating Bullets” e a faixa título. Resumindo, uma aula de como se faz thrash-metal de qualidade.

Dica de App: “BandCamp”

band-camp

Para quem gosta de descobrir novas bandas, este aplicativo é muito bom. É possível descobrir bandas de todas as partes do mundo e adquirir canções da mesmas com um clique. O que é impressionante é a quantidade de músicos de qualidade que ainda não são conhecidos, apesar de serem bem melhores que algumas bandas em evidência.

Link para download na Play Store: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.bandcamp.android

Link para download na App Store: https://itunes.apple.com/br/app/bandcamp/id706408639?mt=8

Dica de Animação: “Viva – A Vida é uma Festa”

Retirado do site Adoro Cinema (http://www.adorocinema.com/filmes/filme-206775/):

Miguel é um menino de 12 anos que quer muito ser um músico famoso, mas ele precisa lidar com sua família que desaprova seu sonho. Determinado a virar o jogo, ele acaba desencadeando uma série de eventos ligados a um mistério de 100 anos. A aventura, com inspiração no feriado mexicano do Dia dos Mortos, acaba gerando uma extraordinária reunião familiar.


Uma bela e colorida animação, com uma singela mensagem sobre a importância da família.

Dica de Série: “Electric Dreams”

electric-dreams

Electric Dreams é uma antologia de ficção científica baseada na obra do escritor Philip K. Dick. Apesar da inevitável comparação com Black Mirror, esta série tem como característica principal o foco nas personagens, colocando a visão distópica da tecnologia em segundo plano. Para quem é fã do escritor ou do filme “Blade Runner“, é uma excelente pedida.