Música da Semana: “16 Second Swarm”, Bass Communion

Bass Communion” é um dos muitos projetos mantidos pelo músico Steven Wilson. Compostos exclusivamente por faixas instrumentais, os álbuns da banda flertam com o rock progressivo, ambient rock e música eletrônica. “16 Second Swarm” faz parte do álbum “Bass Communion II“, lançado em 1999. Com 10:56 de duração, a faixa é uma mistura de instrumentos e gravação de campo que se misturam gradualmente até produzir uma hipnotizante textura musical, para terminar de maneira dramática e sensacional.

Anúncios

Dica de Livro: “Freakonomics”, de Steven Levitt e Stephen J. Dubner

superfreakonomics

Escrito de maneira inteligente e divertida, “Freakonomics” trata a economia por ângulos inusitados e apresenta teses excêntricas, como a de que o aborto legalizado seria o grande responsável pela diminuição da criminalidade em Nova Iorque. Do ponto de vista de um profissional de TI, o livro é muito interessante em decorrência do modo como Levitt analisa e cruza dados que aparentemente não possuem qualquer relação. Excelente!

Música da Semana: “Rubina”, Joe Satriani

Dentre todos os virtuoses da guitarra, Joe Satriani sempre foi o meu preferido, pois consegue demonstrar toda sua incrível técnica sem a necessidade de se estender por solos intermináveis. O bom gosto dos arranjos e a criatividade são outras características marcantes deste monstro das 7 cordas. A música “Rubina” – que aparece no primeiro álbum de Satriani, intitulado “Not of This Earth”, lançado em 1986 – é um exemplo disso.

Enquanto no primeiro vídeo você pode ouvir a versão de estúdio da canção, no vídeo abaixo segue uma bela versão alternativa, com a participação de Rick Corvese:

Dica de Filme: “Interestelar”

Como fã de ficção-científica, achei Interestelar um dos melhores filmes do gênero dos últimos anos. Segue, a crítica retirada do site “Omelete“:

Neste futuro de data incerta, a Terra sofre com uma grande praga que dizimou boa parte da comida do planeta, transformando tudo em pó. A fome e sofrimento, bastante inspirados na grande crise de 1930, fazem com que a NASA opere na clandestinidade e até as missões à Lua sejam desacreditadas nos livros de história. “Não temos como justificar bilhões de dólares em gastos aqui enquanto pessoas estão morrendo de fome”, diz Professor Brand (Michael Caine mais uma vez atuando sob as lentes de Nolan). Quem fica feliz em saber que a agência espacial ainda está ativa é o ex-piloto Cooper (Matthew McConaughey mantendo sua série de ótimos papéis), que tem de escolher entre ficar na fazenda com a sua família na Terra ou viajar ao espaço em busca de novos planetas onde a humanidade pode ser reconstruída.

Apesar de um pouco extenso (2h 49m), o filme é uma excelente pedida e vale pela genial sacada do diretor Christopher Nolan para representar a quarta dimensão.

Música da Semana: “Nutshell”, Alice in Chains

A primeira vez que ouvi o disco MTV Unplugged do Alice in Chains foi logo após seu lançamento, ainda em 1996, e, desde então, não ouvi outro álbum com violões tão bonitos. “Nutshell” – que originalmente aparece no EP “Jar of Flies“,   de 1994 – abre o álbum é a minha preferida, pela beleza dos violões, a voz inconfundível de Layne Stanley e a sua letra poderosa. Na verdade, todo o disco é excelente, e merece ser ouvido em

Dica de Álbum: “Sol29”, Nosound

Nosound - Sol29

Nosound” é uma banda italiana de rock progressivo fundada por Giancarlo Erra em 2002. Conheci a mesma em 2013 através do aplicativo BandHook e confesso que desde então se tornou uma das minhas bandas favoritas. Com influências do Pink Floyd e Brian Eno, o Nosound navega entre o rock progressivo e música ambiente, criando texturas sonoras de muito bom gosto.

Sol29“, de 2005, é o álbum de estreia do Nosound, que à época era composto apenas por Erra. Suas faixas são majoritariamente instrumentais ou com poucas inserções vocais. Destaque para “The Moment She Knew”, “Overloaded”, “Idle End” e a espetacular “Sol29”.

Dica de Site: “Sensacionalista”

sensacionalista.jpg

Descobri o Sensacionalista há poucas semanas atrás, pela indicação de um colega de trabalho meu, mas rapidamente entrou para a lista dos meus favoritos. Com um humor ácido e extremamente inteligente, o Sensacionalista faz piadas com o noticiário, em vários âmbitos: política, esporte, entretenimento e vida digital, entre outros. Excelente pedida para quem está cansado de humor chulo.

Música da Semana: “Sparkle”, Live

Integrante do álbum “The Distance to Here”, de 1999, do Live, “Sparkle” possui uma abertura contagiante, uma poderosa linha de baixo, além de ser um pouco mais pesada em relação às demais músicas do grupo. Adicione isso ao vocal único de Ed Kowalczyk , às sempre bem escritas letras da banda e terá uma excelente opção para animar seu dia. O álbum é o meu favorito do Live, e merece ser ouvido em sua integridade.