Poema da Semana: “Dubiamente”

Versão na Língua Inglesa
Dubiamente vivo
Quero ouvir tua voz
mas não quero ouvi-la mandando me embora
Quero tocar-te
mas não quero sentir tua pele fria como gelo
Quero beijar-te
mas não quero perceber que estás oca

Dubiamente vivo
Quero me abrir
mas não quero que meus sentimentos se percam ao vento
Quero amar-te
mas não quero que meu amor se sufoque em terras inóspitas
Quero completar-te
mas não quero ser completamente partido

©2007 Eduardo Magela Rodrigues

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s