Poema da Semana: “Eu Sou”

Versão na Língua Inglesa

Eu sou o sol que desaparece no horizonte
Enegrecendo a claridade agonizante
Afastando todas as esperanças
Deixando-te só

Eu sou a árvore que queima em teu jardim
As folhas mortas que apodrecem no solo
Infectando tuas mãos
Trazendo-lhe a doença

Eu sou a rocha que afunda na água
Rapidamente atingindo o gelado fundo
Obstruindo teus pulmões
Enterrando-te viva

Eu sou o sorriso que se foi
O que antes era e agora não é
Não mais estou aqui
Fui-me para sempre

©2005 Eduardo Magela Rodrigues

Anúncios

Música da Semana: “Death of Glory”, Motörhead


Lançada no álbum “Bastards“, de 1993, “Death or Glory” é um exemplo clássico de como o Motörhead faz rock’n’roll: pesado, direto e energético. Com o vocal ímpar do lendário Lemmy Kilminster, é uma faixa para animar qualquer um.

Dica de Filme: “Moonlight, Sob a Luz do Luar”


Retirado de Adoro Cinema (http://www.adorocinema.com/filmes/filme-242054/):

Três momentos da vida de Chiron, um jovem negro morador de uma comunidade pobre de Miami. Do bullying na infância, passando pela crise de identidade da adolescência e a tentação do universo do crime e das drogas, este é um poético estudo de personagem.

Um excelente drama, muito bem contado.

Poema da Semana: “Palavras da Alma”

Versão na Língua Inglesa

Queria fazer uma pintura que deliciasse teus olhos
mas Da Vinci já o fez
Queria criar uma história de amor que tocasse teu coração
mas Shakespeare já a escreveu
Queria compor uma sinfonia que iluminasse teus sentimentos
mas Mozart certamente já a compôs
Queria escrever um soneto que falasse direto a tua alma
mas Camões já o fez

Não posso fazer uma pintura
mas posso dá-la atenção
Não posso criar uma história de amor
mas posso cuidar de ti
Não posso criar o soneto perfeito
mas posso te oferecer minhas palavras sinceras

Palavras da alma

©2005 Eduardo Magela Rodrigues

Dica de Álbum: “Hardwired… To Self-Destruct”, Metallica

hardwired

Lançado em novembro de 2016, o décimo álbum de estúdio do Metallica confirma o retorno à boa fase da banda norte-americana, que após o decepcionante “Saint Anger”, foi retomado pelo ótimo “Death Magnetic“. Pesado e veloz, “Hardwired… To Self-Destruct” mostra que o Metallica ainda tem muita gasolina no tanque. Destaque para a faixa-título, “Atlas Rise” e “Moth Into Flame“.

Poema da Semana: “Necessidades”

Versão na Língua Inglesa

Não temo amar
Não hesito em oferecer meu coração
Não isolo minha alma num mundo insensível
Não sou feito de pedra

Tudo que necessito é de teus braços para me envolverem

Não busco a solidão
Não tenho medo de me machucar
Não tenho vergonha de me sentir frágil
Não quero ficar sozinho

Tudo que necessito é de teu toque para me confortar

Sou mais do que tu podes ver
Sou mais profundo do que tu podes sentir
Mas não sou tão forte quanto eu penso

Tudo que necessito é de ti
Mesmo no silêncio mudo da noite
Mesmo nas palavras de ódio sem sentido.

Tudo de que necessito é de ti, para me completar

©2004 Eduardo Magela Rodrigues

Dica de App: “IFTTT”

ifttt

Disponível em https://play.google.com/store/apps/details?id=com.ifttt.ifttt&hl=pt para dispositivos Android, o IFTTT é um aplicativo excelente para automatização de tarefas. O app possui integração com diversos serviços, como o Gmail, o Evernote e o Google Drive, dentre outros. É possível, por exemplo, registrar todos as chamadas – recebidas e feitas – em uma planilha do Google Drive, ou encaminhar e-mails recebidos para pastas específicas. Muito prático!