Música da Semana: “Pigs (Three different Ones)”, Pink Floyd

Parte do álbum “Animals”, lançado em 1977, “Pigs” se estende por 11:26 e – na minha opinião – mostra o Pink Floyd em sua melhor fase. A canção é recheada de alternâncias de ritmos e de camadas sonoras que culminam num sensacional solo de guitarra.

Anúncios

Música da Semana: “Sweet Release”, Live

Parte do álbum “Birds of Prey“, lançado em 2003, Sweet Release é uma faixa que carrega os elementos que fizeram do Live umas das melhores bandas de rock alternativo entre a década de 90 e os primeiros anos deste século: belas letras, a combinação perfeita entre o instrumental e a voz inigualável de Ed Kowalczyk, bem como a alternância entre leveza e peso. As demais músicas do álbum também são excelentes, mas esta vale ser ouvida várias vezes.

Música da Semana: “Borrowing the Past”, Rhian Sheehan

Integrante do álbum “Seven Tales of The North Wind“, lançado em 2011 pelo músico neozelandês Rhian Sheehan, “Borrowing the Past” é uma bela canção instrumental que utiliza diversos sons no segundo plano para remeter à ideia de infância. Sou fã deste artista pelo seu bom gosto nos arranjos e pelo comedimento na utilização de instrumentos.

 

Música da Semana: “Bitter Sweet Symphony”, The Verve

Lançada no álbum “Urban Hymns“, de 1997, esta música foi uma das mais tocadas no final do século passado. Sem grandes arranjos e basicamente com a mesma melodia que se repete ao longo de toda a canção, “Bitter Sweet Symphony” tem uma letra bastante poderosa e é uma daquelas músicas que você começa a cantar sem ao menos perceber.